Sem classificação

Home Theater: Instalando o seu projetor

Home Theater ou ambientes corporativos são ótimas opções para usar um projetor.

Mas antes é preciso considerar as características do espaço em si. Desse estudo também dependerá a performance do sistema de projeção.

Preparando o Terreno

Em tese, montar um home theater parece uma tarefa descomplicada. Basta ter um espaço disponível em casa ou na empresa, adquirir um bom projetor e instalá-lo no ambiente, certo? Errado!

Além do equipamento, muitos fatores podem influir na qualidade final das projeções, o que inclui o próprio espaço onde o projetor será instalado.

É por isso que a consultoria de profissionais especializados é fundamental em projetos do gênero.

Segundo Fernando Pigatti, da Casa e Som Automação e Home Theater, dois pontos que devem ser seriamente considerados são a distância entre o usuário e a tela e luminosidade da sala.

projetor

O especialista explica que a escolha do projetor também deve ser feita com base na avaliação desses aspectos.

A VR Brasil só recomenda os aparelhos após um estudo minucioso das condições do espaço.

Henrique Bozzo Netto, da eBuilding Eletronica, acrescenta que a expertise do instalador também conta pontos para o êxito do projeto.

“Participamos de cursos e treinamentos e estudamos especificações técnicas dos produtos antes de fazer os projetos. Para especificar um modelo e marca de projetor, levamos em conta vários aspectos, tais como: o equipamento que o cliente vai utilizar, o tamanho da sala, o pé direito do ambiente, a distância entre o espectador e a tela, se haverá lift no espaço, as condições de iluminação etc.”.

Henrique Bozzo Netto, da eBuilding Eletronica

Cada caso, um caso

Os integradores ainda ressaltam que não existe uma “fórmula mágica” ou regras universais no que se refere à instalação do projetor: cada caso é um caso.

“Pode-se dar algumas dicas sobre o que não se deve fazer, como, por exemplo, deixar incidir luz diretamente na tela, seja por luminárias muito próximas ou por iluminação natural. Também é recomendável usar cortinas blackouts nas janelas, iluminação dimerizada e telas de projeção tensionadas de qualidade, bem como posicionar o projetor de forma perpendicular à tela seguindo as orientações do fabricante”.

Henrique Bozzo Netto, da eBuilding Eletronica

O projetor deve ser posicionado no teto, uma norma que seguimos em todos os nossos projetos”, complementa Fernando Pigatti.

Já com relação à distancia entre o projetor e a tela, cada equipamento responde de uma maneira.

Hoje, existem projetores que trabalham a 30 cm da tela abrindo 110”. Embora a maioria precise de três metros ou mais para chegar a esse tamanho”.

Fernando, porém, chama a atenção para o fato de que, se o projetor não tiver uma boa definição e uma lente eficaz, o aumento da distância implicará em
uma perda de qualidade na exibição dos conteúdos.

Henrique Bozzo Netto acredita que a distância entre o equipamento e a tela impacta diretamente em aspectos como foco, nitidez, brilho e contraste.

“A resolução do projetor não vai mudar em relação à distância, mas a definição da imagem, sim”, explica o integrador. “Quanto mais distante o projetor estiver da tela, maiores serão os pixels (pontos que formam a imagem).

Home Theater: Instalando o seu projetor 1

Cada projetor tem capacidade limitada de tamanho de tela”.

No segmento corporativo, é importante usar projetores com resolução compatível com notebooks, para produzir as imagens de planilhas e textos com qualidade.

Além disso, é fundamental que o equipamento tenha alto brilho, pois as salas corporativas são mais iluminadas que os ambientes de home theater e as reuniões ou apresentações normalmente são feitas com as luzes da sala ligadas.

Contraste e brilho

Os especialistas ainda destacam a questão da luz ambiente, que deve ser levada em conta antes que se opte por um determinado tipo de projetor. “Produtos que oferecem bastante contraste, mais voltados às salas de home theater, requerem ambiente mais escuros”, salienta Fernando.

“Nesse caso, cortinas blackout são bem-vindas. Já ambientes corporativos combinam melhor com projetores com mais lúmens, que funcionam melhor em salas bem iluminadas”.

Resta o tópico da resolução: em plena era dos projetores 4K, é imperativo adquirir equipamentos com taxas de definição tão altas?

“Hoje, projetores HD ou Full HD atendem perfeitamente ao usuário”, opina Fernando.

“Os equipamentos 4K são fantásticos, mas os conteúdo compatíveis com essa tecnologia ainda são poucos, o que não torna obrigatória a adoção desse padrão”.

Henrique concorda que a compra de um projetor 4K não é “obrigatória”, já que um equipamento Full HD devidamente calibrado pode entregar projeções de altíssimo padrão se a tela tiver, no máximo, 72”. “Acima disso, recomendo fortemente o uso de projetores Ultra HD 4K”, conclui o Expert.

É importante levar em consideração vários aspectos antes de comprar o seu projetor. Iluminação, decoração, telas, resoluções…

A VR Brasil é especialista e pode te ajudar a escolher o aparelho correto para a sua corporação ou para a sua casa.

Neste conteúdo te ajudamos a escolher o projetor ideal para a sua necessidade.

Ficou com dúvidas? Entre em contato nas perguntas abaixo e te ajudamos 🙂

Fonte:  https://revistaaudioevideo.com.br/ 

Post anterior
Lâmpadas Infravermelho: Como Usar e Quais Suas aplicações?
Próximo post
O que acontece se deixarmos o projetor ligado por muito tempo? Conheça 4 dicas principais

Deixe uma resposta

Preencha os campos abaixo com detalhes e iremos te ajudar!

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu