EndoscópiosLâmpadas MédicasLâmpadas originais

Saiba qual lâmpada usar na torre de endoscopia

Clínicas e hospitais de gastroenterologia usam diversos equipamentos para a realização de cirurgias (de endoscopia, por exemplo) e o mais importante deles é a torre processadora, que através de sua fonte de luz emite o brilho para visualizar os órgãos internos.

Mas, você sabe quais lâmpadas médicas usar para cada tipo de processadora? Também sabe identificar se são produtos originais ou não?

Então, nos acompanhe, que vamos mostrar tudo isso, passo a passo.

Informações gerais sobre a processadora de endoscopia

As processadoras são equipamentos onde a lâmpada da fonte de luz possui uma vida útil de 500 horas. Após esse período, o recomendável é trocá-la. Ou seja, caso você faça muitos exames diariamente, é bom ficar atento, pois a hora de trocar a lâmpada do seu equipamento pode ter chegado.

É bom ficar de olho, pois não é qualquer lâmpada que serve. Ao contrário: é preciso que você saiba que tipo/modelo de sua processadora para poder comprar a lâmpada correta para o seu aparelho.

São vários os modelos disponíveis no mercado: Fujinon, Stryker, Olympus, Pentax ou mesmo Karl Storz. Cada um com a sua lâmpada correspondente.

Para não haver erro, tire uma foto da etiqueta da processadora. Envie para um dos nossos consultores na VR Brasil. Assim, eles vão te orientar e conseguir dizer qual a lâmpada correta, seja ela Excelitas Cermax ou Osram, para o seu aparelho.

Também é importante que você só utilize produtos originais. Pois, caso contrário, correrá o risco de ter um produto com vida útil bem menor, ou que simplesmente danifique o equipamento.

O barato pode sair caro. Afinal, as lâmpadas médicas são itens muito importantes para o funcionamento desses aparelhos, e não usar produtos originais devido ao valor acaba sendo bem pior.

Como trocar a lâmpada  da fonte de luz de uma processadora?

  • Primeiro, é preciso, obviamente, desligar o aparelho, e esperar que a lâmpada esfrie. É recomendável usar luvas e óculos de proteção.
  • Em seguida, colocando o dispositivo em uma base segura, você vai abrir a processadora, desparafusando o local onde fica a lâmpada, e depois, puxando a trava metálica.
  • Abrindo a trava de segurança, você irá limpar o suporte com um pincel, e remova os parafusos que prendem a lâmpada.
  • Coloque a lâmpada antiga em sua embalagem original, e limpe os dissipadores com um pano que não solte pelos.
  • Passando a pasta térmica nas partes metálicas da nova lâmpada, coloque-a do mesmo jeito que retirou a antiga.

Cuidados adicionais

  • Depois da troca realizada, é necessário reiniciar o contador de horas, certificando-se de que a fonte de luz esteja na posição stand-by.
  • Pressionando 2 botões para a regulagem de intensidade luminosa ao mesmo tempo, por um período de 10 segundos.
  • Devolva a lâmpada antiga para o seu fornecedor, e, claro, deixe sempre uma lâmpada de reserva em caso de uma troca de urgência.

Se precisar encomendar, não se preocupe também, pois se trata de um produto com entrega rápida e garantida pelos fornecedores.

 

lampada endoscopia

Post anterior
Cuidados ao trocar a lâmpada do seu endoscópio
Próximo post
A importância de usar lâmpadas originais na sua fonte de luz

2 Comentários. Deixe novo

Deixe uma resposta

Preencha os campos abaixo com detalhes e iremos te ajudar!

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.

Menu