Componentes para impressoraCabeça de impressão

Tudo que você precisa saber sobre cabeça de impressão

INFORMAÇÕES BÁSICAS SOBRE O PRODUTO

Primeiramente, a impressora possui vários componentes que impactam no funcionamento da cabeça de impressão.

São eles: a placa lógica, os transistores, o cabo flat, os cartuchos, as mangueiras e bulk ink (tanque de tinta).

Todos estes componentes estão interligados e portanto, podem interferir no funcionamento do cabeçote de impressão.

RECOMENDAÇÕES

Use somente tintas originais. Pois, o uso de tintas paralelas podem causar mal funcionamento do cabeçote de impressão, inclusive reduzindo a sua vida útil. Primordialmente, antes de fazer a instalação, é necessário verificar que tipo de tinta foi utilizada.

Sobretudo, se tiver sido utilizada uma tinta paralela, deve-se realizar a limpeza de todos os componentes interligados – as mangueiras, o cartucho e tanque de tinta.

Este procedimento é necessário para não haver a mistura de resíduos de tinta paralela com a tinta original.

COMO REALIZAR A MANUTENÇÃO DA CABEÇA DE IMPRESSÃO

Caso a impressora esteja muito tempo sem uso, pode haver o ressecamento (ou decantação) da tinta.

Como resultado, isso causa o entupimento da saída de tinta dos cartuchos bem como o de outros componentes, causando o mal funcionamento.

Com toda certeza se houver mesmo o ressecamento da tinta, será preciso fazer a limpeza da impressora. Existe duas formas de realizar esta limpeza, pelo sistema (software) ou de modo físico.

  • Limpeza pelo sistema (Software)

Contudo, para realizar a limpeza pelo software, basta selecionar a opção de limpeza esvaziando a tinta da impressora e tirando os resíduos das mangueiras e dos cartuchos, liberando assim, espaço para a tinta nova.

Deste modo, conseguimos realizar a limpeza de todos os componentes interligados – os cartuchos, as mangueiras e a cabeça de impressão.

Porém, se este modo não funcionar será necessário a limpeza física dos componentes.

  • Limpeza Física

Antes de tudo é necessário retirar os cartuchos, verificar se a saída deles não está ressecada. Contudo, se estiver, o técnico irá fazer a limpeza com água morna para dissolver a tinta ressecada, utilizando também a limpeza com a seringa, retirando a tinta que está na cabeça de impressão e injetando o líquido de solução, repetindo o processo até a cabeça de impressão liberar um jato de água limpo, sem nenhuma falha.

  • Limpeza física do bulk ink (tanque de tinta)

O procedimento para limpeza física é parecido com o realizado na cabeça de  impressão, porém utiliza-se somente a seringa, para sugar o resíduo de tinta que a limpeza pelo sistema não conseguiu retirar.

Já a limpeza pelo software é um processo que pode gastar bastante tinta, mas é necessário para poder realizar a limpeza da impressora. Após a limpeza é preciso colocar uma tinta nova.

  • Colocar tinta nova

Tudo que você precisa saber sobre cabeça de impressão 1

Em alguns modelos de impressora, para colocar tinta nova no bulk ink, é necessário utilizar uma pequena chave para poder liberar a entrada de tinta.

Após isso, é só colocar as tintas originais dentro do tanque de tinta, verificando qual o reservatório para cada cor, pois eles são bem específicos.

IMPORTANTE: Não se deve misturar as cores, mudar a cores de lugar (mesmo os reservatórios estando limpos), colocar as tintas dentro de reservatórios de cores diferentes e nem alterar a sua ordem.

OBS.: Neste processo devemos tomar cuidado com a quantidade de tinta que será colocado dentro do bulk ink, pois não pode ultrapassar o limite do reservatório.

  • Como realizar o teste após troca de tinta

Assim que for feito todo o processo para colocar a tinta, precisamos realizar novamente o processo pelo sistema para esvaziar o tanque de tinta.

Neste caso o bulk ink não irá esvaziar. Este procedimento é feito para sugar a tinta do reservatório e passar a tinta por todos os componentes, para fazer com que a tinta saia na impressão.

LEMBRETE: Durante o processo de limpeza a cabeça de impressão pode estar instalada. Porém ela não pode ser utilizada sem tinta no reservatório.

DICAS PARA AS PRIMEIRAS IMPRESSÕES

Após ter feito a limpeza de todo o reservatório e colocado a nova tinta original, pode ser que durante as primeiras impressões apareçam algumas falhas, pois ainda não haverá tinta o suficiente em todo o processo.

Então uma dica é que, durante as primeiras impressões selecione uma opção que force a saída de tinta na impressão, como o modo foto ou uma impressão de melhor qualidade.

Assim o processo acontecerá mais rápido para normalizar a qualidade dos impressos. Para isso será necessário realizar vários testes.

SOLUCIONANDO PROBLEMAS NO TESTE DE IMPRESSÃO

Se a impressora for ligada e ao selecionar o modo de teste dos jatos de tinta e a folha sair em branco, é preciso identificar qual o problema.

Pode ser porque a impressora não foi totalmente carregada, sendo necessário realizar novamente o processo de limpeza pelo software, para a impressora poder carregar mais tinta.

Também pode ser que a cabeça de impressão esteja entupida, sendo necessário retirar ela e realizar a limpeza física dela, injetando a solução líquida de limpeza.

Ou poderá ser um problema em outros componentes da impressora, pois todos estes componentes que estão interligados podem influenciar no funcionamento da cabeça de impressão.

Tudo que você precisa saber sobre cabeça de impressão 2

Por exemplo o cabo flat, que liga a cabeça de impressão na placa da impressora, pode estar com mal contato. Ou pode acontecer também de existirem resíduos de água fechando curto nos contatos elétricos da cabeça de impressão, resultado da secagem incompleta durante a limpeza, fazendo com que a placa queime.

Tudo que você precisa saber sobre cabeça de impressão 3

  • Cuidados com o cabo flat

Outro cuidado que precisamos ter antes de fazer o teste é verificar se o cabo flat está limpo e funcionando corretamente.

Para poder fazer este teste utilizamos um multímetro, colocando ele nas duas pontas do cabo flat, verificando se não há algum tipo de curto.

Feito o teste no cabo flat da impressora, precisamos fazer um teste nos transistores que estão na placa mãe da impressora.

Existem dois transistores e eles podem queimar com muita facilidade, então se um deles não estiver funcionando, a cabeça da impressão pode não funcionar corretamente.

  • A cabeça de impressão não está respondendo

Se a cabeça de impressão não responder, se não der nenhum tipo de sinal, ela pode estar em curto.

Para podermos verificar, utilizamos o multímetro na saída onde o cabo flat é conectado, verificando agulha por agulha.

Se algum desses conectores estiver fora do padrão, a cabeça de impressão pode estar queimada. Se isso acontecer ela não pode ser utilizada, pois pode queimar os outros componentes.

  • Precauções após manutenção da cabeça de impressão

Durante a limpeza da cabeça de impressão, deve-se sempre ter o cuidado de verificar se a peça está completamente seca.

O indicado é após fazer a limpeza, deixar a cabeça de impressão no sol durante aproximadamente 3 horas, para secagem.

Caso ainda esteja úmida, ela pode molhar a placa lógica, assim como outros componentes.

  • Precauções com a tinta

Se o nível da tinta estiver abaixo da linha inferior do tanque de tinta, recarregue-o até a linha superior.

O uso contínuo do produto quando o nível da tinta está abaixo da linha inferior pode danificar o produto.

Não abra a embalagem da garrafa de tinta até que esteja pronto para carregar um tanque de tinta.

As garrafas de tinta são embaladas a vácuo para manter a fiabilidade.

Se deixar uma garrafa de tinta desembalada por muito tempo, a qualidade de impressão pode ser afetada.

Tudo que você precisa saber sobre cabeça de impressão 4

CONSIDERAÇÕES FINAIS

Este post tem o objetivo de auxiliar a identificar possíveis problemas com a sua cabeça de impressão. Assim como esclarecer demais dúvidas a respeito de troca de tintas e quaisquer outros procedimentos.

Sugerimos que a instalação seja feita apenas por um técnico especializado, para assegurar a garantia do seu produto.

cabeça de impressão

Post anterior
Onde consertar equipamentos fora da garantia?
Próximo post
Por que a manutenção preventiva do projetor é tão importante?

16 Comentários. Deixe novo

  • Excelente matéria, passando para elogiar o excelente trabalho!!! obrigado pelo aprendizado.

    • Informe seu número de telefone / Whatsapp: 85998599837
    Responder
  • Paulo Roberto
    1 de julho de 2019 09:11

    Olá, tem como vocês enviarem o padrão de teste por multímetro dos conectores da cabeça de impressão? Facilitaria bastante, pois se evita de colocar uma cabeça em curto na impressora e voltar a queimar os transistores.

    • Informe seu número de telefone / Whatsapp: (14) 99726-0968
    Responder
  • Olá, Minha Dúvida.
    Meu esposo já fez o precedimento de limpeza fisica duas vezes, usou solução caseira mesmo,porém a única cor que não sai é a magenta, Obs: na hora da limpeza fisica os jatinhos saem normalmente em todas as cores,inclusive na magenta.
    Outro detalhe, temos duas impressoras. Epson l120 e epson l395. Sendo que uma usava tintas paralelas e outra não. No momento só estava usando a que a tinta não é paralela, esse no entanto deu o problema primeiro. Aí meu esposo trocou a cabeça de impressão da que estava parada para essa que uso com mais frequencia, trabalhou durante 1 dia normal e também deu problema, tirei toda tinta do tanque e coloquei outra e mesmo assim nada!…Poderia me ajudar? Não sabemos mais o que fazer,pois temos duas impressoras com o mesmo problema na mesma tinta, mas com tintas corantes de marcas diferentes.

    Desde já agradeço.

      Responder
    • Amanda Meireles
      29 de maio de 2019 18:19

      Boa noite. O cabeçote de impressão vem com tinta?

        Responder
      • GLEIDIVAN DAMASCENO NOBRE
        16 de maio de 2019 00:18

        Cabeça da L355 de cartucho pode ser usada na ecotank L355?

          Responder
        • No caso de identificação, quando sei que a cabeça de impressao está queimada ou em curto?
          Testando com milímetro quais os parâmetros para identificar a queima?
          Já troquei a placa duas vezes ( fusivel queimado e transistores) e cabeçote duas vezes e nada funcionou. Agora comprei outra cabeça, epson L210 e outra placa e Cabo flete. Estpu na dúvida se insta lo ou não.
          Como saber se a cabeça eata em curto?
          Me ajude

            Responder
            • Olá Rogério, como você comprou outra cabeça de impressão, outra placa e outro cabo flat, praticamente está com todas as peças novas. Desta forma, o risco do problema ser em algum desses componentes é pequeno. Pode ser alguma outra peça, se voltar a dar defeito.

                Responder
            • parabéns pela matéria me ajudou muito, pois tenho uma gráfica e uso muito minhas impressoras epson

                Responder
              • Um excelente artigo, ajudou esclarecer muito. No entanto gostaria fazer uma observação onde está descrito: “podendo passar uma quantidade maior de energia fazendo com que a placa queime.” eu acho que poderia rever esta colocação! Na verdade ao meu ver, não seria passar uma maior de energia, o mais provável seria um mal contato no cabo flat, um curto no próprio cabo flat isso fica longe de acontecer, só se for ago fora do normal, uns dos mais provável em relação ao curto que se refere o artigo que aponta a queima da placa poderia ser resíduos de água fechando curto nos contatos elétricos da cabeça de impressão resultado da secagem incompleta durante a limpeza.

                  Responder

                Deixe uma resposta

                Preencha os campos abaixo com detalhes e iremos te ajudar!

                Preencha esse campo
                Preencha esse campo
                Digite um endereço de e-mail válido.

                Menu